ZD Paid + Península

ZD Pais é o projeto musical a solo de José Pais. Com influências de Ornatos Violeta, Arctic Monkeys e The Beatles, começou a compor e produzir músicas num estilo indie rock com traços psicadélicos e de folk, a partir do seu quarto. “Península” apresenta-se como uma banda com composições em português, influências dentro do funk, soul, indie, jazz, rock n’ roll, entre outros variadíssimos estilos, décadas, e nacionalidades.

The Brooms + Democrash

The Brooms nasceram em 2015, formados por 3 ex-Sullens: Pinha (Guitarra e voz), Elzo (Bateria) e Carla (Órgão), unidos pela vontade explorar as sonoridades Garage da década de 60. Os Democrash começaram em meados de 2014 a tocar o que sabiam e lhes apetecia, cruzando o rock com o punk, funk, new e no wave, e muito mais.

NERVE x Il-Brutto & Convidados

No dia 3 de Dezembro NERVE atua ao vivo em Lisboa no Village Underground, acompanhado por Il-Brutto e convidados. Figura incontornável no panorama do rap nacional, NERVE é membro do trio ESCALPE e criador de PURGA

Wipeout Beat

Os Wipeout Beat são a nova banda de três veteranos da cena musical de Coimbra. Carlos Dias, Pedro “Calhau” Antunes e Miguel Padilha têm os seus nomes ligados a bandas conimbricenses com sonoridades tão diversas como Bunnyranch, Subway Riders, Garbage Catz, A Jigsaw, Objectos Perdidos, entre outras.

DAPUNKSPORTIF apresentam Old, New, Fast’n’Slow

Os DAPUNKSPORTIF surgem em finais de 2004 em Peniche (Portugal) tendo por base o duo e núcleo criativo João Guincho e Paulo Franco, companheiros de longa data noutros projectos, e o produtor Marco Jung. Apesar das várias influências musicais tudo nos conduz à presença de uma banda Rock na verdadeira acepção da palavra. Um Rock visceral apoiado nos riffs de guitarras eléctricas sem limite de velocidade e à boleia de uma secção rítmica desenfreada.

Democrash apresentam Propelled By Gas From Cans Of Soda

Os Democrash começaram em meados de 2014 a tocar o que sabiam e lhes apetecia sem estarem preocupados com o resultado final. Cruzando o rock com o punk e o funk, new wave/no wave, electrónicas vintage e white noise, performance e art punk, deixando sempre muitas arestas por limar numa conjugação de energia aplicada aos instrumentos e aos microfones, conferindo ao seu som final um ambiente de inacabado com uma carga explosiva gritante.