Lifestyling: Alec Falconer x Harry Wills x Simoncello

After our last party in November with Federico Molinari, we are back to Village Underground. For the ocasion we are inviting two of the most interesting artists to come out of England in the last few years for a night of UK flavoured sounds: Alec Falconer and Harry Wills.

The Brooms + Democrash

The Brooms nasceram em 2015, formados por 3 ex-Sullens: Pinha (Guitarra e voz), Elzo (Bateria) e Carla (Órgão), unidos pela vontade explorar as sonoridades Garage da década de 60. Os Democrash começaram em meados de 2014 a tocar o que sabiam e lhes apetecia, cruzando o rock com o punk, funk, new e no wave, e muito mais.

Wipeout Beat

Os Wipeout Beat são a nova banda de três veteranos da cena musical de Coimbra. Carlos Dias, Pedro “Calhau” Antunes e Miguel Padilha têm os seus nomes ligados a bandas conimbricenses com sonoridades tão diversas como Bunnyranch, Subway Riders, Garbage Catz, A Jigsaw, Objectos Perdidos, entre outras.

The Cavemen (Nova Zelândia)

Os Cavemen formaram-se durante os tempos de liceu, movidos a cola e rock’n’roll. Depois de vários anos a beber e deambular por caves, cemitérios e parques de estacionamento em Auckland, na Nova Zelândia, o grupo emergiu em 2012 para levar o mundo de volta à Idade da Pedra.

The Twist Connection

Os Twist Connection são uma banda de rock’n’roll que mergulha nas raízes da segunda metade do século XX, alimentando-se do rockabilly dos anos 50, do fervor do garage dos anos 60 e da urgência punk do final dos anos 70, catapultados para o século XXI de olhos postos no futuro.